Resultado

Edição 2017

O projeto Incubadora Sonora nasceu em 2013 a partir do desejo do produtor musical e agitador cultural Irmão Carlos em dar destaque e fazer circular a produção musical realizada nos bairros populares de Salvador. Chegando a sua 3ª edição no ano de 2017, a Incubadora Sonora tem como objetivo levar a mentalidade empreendedora, o incentivo, a criatividade e a formação profissional para a cena musical independente da cidade e região metropolitana. O projeto Incubadora Sonora conta com produção executiva de Lindomar Luis e tem apoio do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura, com recursos do Fundo de Cultura da Bahia, pelo edital 16/2016 – Setorial de Economia Criativa 2016.

A primeira fase do projeto selecionou nove bandas: Búfalos Vermelhos e a Orquestra de Elefantes, Maus Elementos, Ojá, Coquetel Banda Larga, Exoesqueleto, Mc Dyou, Neila Kadhí, Ana Luisa Barral e Zuhri. Todas provenientes de bairros periféricos de Salvador e Região Metropolitana, segundo divisão por território cultural: Cidade Baixa e Ilhas; Liberdade/São Caetano e Centro/Brotas; Cabula/Tancredo Neves e Pau da Lima; Valéria e Cajazeiras; Barra/ Pituba e Itapuã. Os músicos selecionados passaram então por um processo de incubação, que incluiu oficinas ministradas por nomes como o artista plástico Klaus Schuneman (cenografia); a produtora cultural Fernanda Bezerra (produção); o produtor musical Jorge Solovera (gravação); a fotógrafa Denisse Salazar (fotografia); o diretor de fotografia Gether Ferreira (vídeo); o marketeer Wendel Fernandes (comunicação) e o consultor Luis Alencar (redes colaborativas e o negócio da música).

Os artistas contemplados na seleção participaram ainda de ensaios assistidos com o produtor musical Irmão Carlos no estúdio Caverna do Som e ganharam um ensaio fotográfico para divulgação de seus respectivos trabalhos artísticos, conforme o perfil de cada banda. Encerrado esse ciclo, chegou a hora dos músicos subirem ao palco. Foram cinco shows realizados pela Incubadora Sonora no Portela Café, sempre com a presença do anfitrião e idealizador do projeto, Irmão Carlos, e duas das bandas selecionadas.

A última fase do projeto prevê a produção de um cd composto por duas músicas autorais de cada banda, gravadas no estúdio Caverna do Som, que resultará na coletânea “Incubadora Sonora 3”.